Search for:

PIX, o que é?

O PIX é o mais novo meio de pagamento eletrônico desenvolvido pelo Banco Central do Brasil, que funcionará efetivamente agora dia 16 de novembro.

Bancos e fintechs estão lutando entre si para serem a primeira instituição, onde seus clientes irão se cadastrar, já que o Pix vem com o objetivo de tornar o processo de transferência e pagamento mais rápido, simples e barato!

Entenda o porquê: Pix tem mais sucesso em lançamento que Facebook, Instagram ou Whatsapp

Qual o seu diferencial?

O diferencial do Pix, em relação as outras formas de pagamento, é o fato dele permitir a qualquer pessoa, seja ela física ou jurídica, realizar transferências e pagamentos diversos: boletos, contas e serviços a qualquer dia e horário.

O Pix realiza transações e pagamentos em segundos, 24 horas por dia, todos os dias da semana, inclusive feriados, com taxas menores e o mais importante sem a necessidade de ter uma conta bancária.

Em resumo, com o Pix você pode realizar transações financeiras em finais de semana, feriados e após as 22 horas.

Vale ressaltar que o Pix não é um aplicativo, ele está disponível nas plataformas das instituições financeiras e fintechs como, por exemplo, a PicPay ou o Mercado Pago.

Mas, como o Pix funciona?

Diferentemente do DOC e TED você não precisa mais informar o CPF, o banco, a agência e o número da conta da pessoa.

Ao optar pelo Pix, será necessário que tanto o pagador quanto o recebedor façam um cadastro em uma conta em banco, instituição de pagamento ou fintech, sem necessariamente terem uma conta-corrente.  

O cadastro é gratuito para pessoas físicas, em contrapartida, para pessoas jurídicas, há tarifas específicas conforme as normas das instituições financeiras ou fintechs.

Após a realização dos cadastrados, você terá acesso às chaves Pix.

Essas chaves Pix, segundo o Banco Central, são uma forma de identificar a sua conta dentro do Pix e elas podem ser representadas de quatro jeitos diferentes:

– CPF/ CNPJ

– E-mail

– Telefone

– EVP (endereço virtual de pagamento) que é uma sequência aleatória de números, letras e símbolos gerados pelo próprio Banco Central.

Vale pontuar que há limite de chaves Pix cadastradas por conta: pessoa física até 5 e jurídica até 20, não sendo possível ter a mesma chave em mais de uma conta.

Desta forma, para fazer uma transação ou um pagamento você apenas precisará de uma dessas chaves e está feito!

Também será possível, fazer transações e pagamentos via QR Code com dois usos diferentes:

QR Code Dinâmico: A cada transação é criado um QR Code único, sendo recomendado para uso específico de pagamento de compras.

QR Code Estático: Um mesmo QR Code para diversas transações, sendo recomendado para transferências entre duas pessoas. Permite definir um valor único de determinado produto ou valor a pagar.

Contudo, alguns detalhes dos QR Codes ainda não foram estabelecidos e dependem de quando forem colocados em prática. E outras estão previstas apenas para 2021, como a realização de saques em estabelecimentos comerciais cadastrados.

Aprenda como cadastrar chave Pix no seu banco.

Vem mais por aí…

Em breve você também poderá antecipar seus recebíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana com o Adiante!

Este conteúdo faz parte da missão do Adiante Recebíveis de informar às pessoas com objetivo de que elas possam ir adiante! Caso ainda não conheça o Adiante Recebíveis e o nosso serviço clique aqui

Para mais conteúdo, acesso o nosso blog clicando aqui.

Escreva um comentário