Search for:

Como se organizar para os gastos de final de ano

Se organizar para os gastos de final de ano não é uma tarefa fácil, mas também não é impossível.

Basta ter disciplina e planejamento para reconhecer e avaliar a sua relação com o dinheiro e consequentemente mudar certos hábitos.

Antes de mais nada, a pandemia causada pela Covid-19 mudou esse cenário, fazendo com que muitos brasileiros tivessem que planejar ainda melhor os seus gastos.

A XP Inc e XPEED junto ao Instituto Locomotiva realizaram uma pesquisa que foi lançada durante a Semana de Educação Financeira afirmando que 77,5 milhões de brasileiros afirmaram que a pandemia os obrigou a fazer mais planos”.

Contudo, como mostra a mesma pesquisa, apenas 5 em cada 10 brasileiros afirmaram estabelecer metas financeiras de longo prazo e se esforçar para alcançá-las.

Leia mais sobre: O que você aprendeu com 2020?

Infelizmente isso ocorre porque a educação financeira dos brasileiros ainda é muito ruim. A falta de conhecimento em finanças é ainda mais prejudicial em momentos de crise como o que vivemos.

Mas calma! Não se desespere que ainda dá tempo de se organizar e começar 2021 de cara nova com novos hábitos financeiros mais saudáveis!

Desta forma, selecionamos algumas dicas simples e essenciais:

1. Analise sua situação financeira

Nessa primeira etapa, o importante é descobrir quanto dinheiro entra na sua conta pessoal ou familiar, quanto dele você está gastando e, se for o caso, quanto sobra.

Então, é recomendado montar um orçamento com todas as suas fontes de renda e também todas as despesas, desde as despesas essenciais como luz, água, telefone e impostos até gastos de lazer como viagens, roupas, material escolar, presentes…

2. Defina objetivos e estipule um teto máximo

Ao passo que sua situação financeira está bem definida, selecione o que é prioridade no momento e veja quanto falta para alcançar seus sonhos.

Se for o caso, estipule um teto máximo para conseguir administrar o que pode fazer primeiro.

3. Regularize suas dívidas

Ninguém gosta dessa etapa, mas não deixe para o ano seguinte o que você pode pagar antes.

Atualmente muitos brasileiros ganham 13º, bônus ou gratificações no final do ano. Então aproveite-os para quitar as dívidas e outras despesas extravagantes de fim de ano.

Além disso, para quem deve a bancos, financeiras e lojas, é importante lembrar de considerar os juros, encargos e multas. Busque se informar antes de tentar uma renegociação.

4. Crie uma reserva de emergência

Por fim, crie uma reserva de emergência sempre que sobrar algum valor! 

O objetivo de montar uma reserva de emergência é justamente se planejar a longo prazo para conseguir sobreviver a crises, como esta que estamos vivendo agora, ou alguma situação inesperada, como um problema de saúde, consertos no automóvel e na residência ou até mesmo a perda de emprego.

Ter um fundo de emergência garante tranquilidade financeira quando você menos espera!

Desta forma, podemos concluir que a palavra-chave para se organizar com os gastos de final de ano é planejamento! 

Seguindo essas dicas, você poderá detalhar cada receita e cada gasto a ponto de poder prever a quantidade exata de dinheiro que possui e poderá gastar no encerramento do ano. Ainda mais no ano de 2020!

Este conteúdo faz parte da missão do Adiante Recebíveis de informar às pessoas com objetivo de que elas possam ir adiante!  Para mais conteúdo, acesse o nosso blog clicando aqui.

Escreva um comentário